28 de jan de 2010

A história sem fim

-João Mammana

Era uma vez, num vilarejo distante do reino, um jovem chamado Francisco Escaleno. Sua família era, naquele tempo, pobre, porém orgulhosa da época em que todos os homens nascidos nela faziam parte da guarda pessoal do antigo e bondoso rei, que fora deposto por um maligno bruxo. Num dia, sem aviso prévio, a tataraneta do antigo rei conseguiu enviar um majestoso pombo branco à casa de Francisco com um pedido de ajuda, pois a sua família era mantida em cativeiro no castelo do bruxo desde a época da deposição. Como seu pai era muito velho e seus irmãos estavam viajando para a cidade para trocar feijões por vacas, coube a Francisco empunhar a antiga espada da família e partir para libertar a família real.


Assim que pôs o pé na estrada, porém, Francisco foi abordado por um pequeno grupo de salteadores que lhe deram quinze picaretadas na cara e mataram sua égua, levando as cinco moedas de cobre que o jovem carregava.

2 comentários:

Norberto disse...

Uma epopeia mirabolante e fantástica

João Mammana disse...

admiro pessoas com tato para a boa literatura!!